icone-yt pb

instagram-1ficones-twitter-fb pbicone-fb pb

proj-cof-ue a1
bot-areas1b

ban-musa2a

Exposição de Carlos Apolo Martins “Despertares” na Casa da Cultura Lívio de Morais

despertares

A Casa da Cultura Lívio de Morais recebe de 13 de janeiro a 18 de fevereiro, a exposição de desenho de Carlos Apolo Martins “Despertares”.

São desenhos em giz sobre papel que têm por base um gesto que procura uma simetria e uma unidade que surgiram do fascínio que o autor tem pelas formas presentes na natureza. Foram o resultado de um processo de redescoberta dos princípios orgânicos e estruturantes presentes também na escultura e que na altura foi decisiva para continuar o seu percurso como artista plástico.

Carlos Apolo Martins nasceu em Faro em 1972. Vive e trabalha em Lisboa. Tem o Curso avançado de Fotografia pelo Instituto Português de Fotografia e formação profissional em Luminoplastia para Teatro pela Escola de Formação Teatral do Centro Dramático de Évora.

Grande parte da sua atividade teatral está ligada à conceção plástica, nomeadamente na área da Iluminação Cénica. Fez direção técnica de companhias de teatro tendo também encenado várias produções e assinados alguns trabalhos de Cenografia. Desde 2005 que também desenvolve atividade como escultor tendo recentemente concluído o curso avançado de artes plásticas em Escultura no AR.CO em Lisboa.

Casa da Cultura Lívio de Morais
Avenida 25 de abril / Largo da Igreja
Mira Sintra
2735-400 Agualva-Cacém

De endereço:

Artigos relacionados

  • II Concerto Solidário pela Banda Sinfónica do Exército
    banda exercito A Junta de Freguesia da União das Freguesias de Queluz e Belas, em parceria com o Regimento de Artilharia Antiaérea nº 1, realiza no próximo dia 24 de janeiro, às 19h00, do II Concerto Solidário pela Banda Sinfónica do Exército, nas instalações do RAAA1, com entrada livre mediante doação de dois alimentos não perecíveis.
  • “Histórias de Peças Rejeitadas” no Museu Anjos Teixeira
    peças rejeitadas No âmbito da comemoração do Dia Mundial da Liberdade, o Museu Anjos Teixeira vai realizar uma visita orientada sobre peças incómodas num regime ditatorial - “Histórias de Peças Rejeitadas” - no dia 23 de janeiro às 10h30 e às 15h00.

Contactos
____

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657



Estamos em rede:

icone-fb Facebook

icone-tw Twitter

instagram-2Instagram

icone-yt Youtube

  |  Copyright: Câmara Municipal de Sintra 2017