icone-yt pb

instagram-1ficones-twitter-fb pbicone-fb pb

Refeitórios Escolares

Refeições escolares / Ementas

A ementa é elaborada de acordo com os princípios de uma alimentação equilibrada e adequada às necessidades da população escolar, salvaguardando as normas gerais de higiene e segurança alimentar a que estão sujeitos os géneros alimentícios e atendendo às orientações da Direcção-Geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular, sob supervisão técnica da dietista da Câmara Municipal de Sintra.


 

ementa-local-1


Ou visualize AQUI.

 

  ementa-diferida-1


Ou visualize AQUI.

 

 



Para marcação das refeições escolares CLIQUE AQUI

 

 

Funcionamento dos refeitórios escolares

Os refeitórios escolares funcionam em estabelecimentos de ensino Pré-escolar e do 1º Ciclo do Ensino Básico, do concelho de Sintra.

O funcionamento dos refeitórios escolares é regido pelo Regulamento Municipal de Funcionamento e Gestão dos Refeitórios Escolares do Concelho de Sintra, publicado no Diário da República, 2.ª série — N.º 200 — Aviso n.º 11685/2015 de 13 de outubro.    

Refeitórios de confeção local 

A refeição é confecionada na cozinha da escola. 

 
Refeitórios de confeção diferida
 
Através do Método Cook-chill, as refeições são confecionadas centralmente em instalações apropriadas, empratadas, submetidas a arrefecimento rápido (não é congelação) e distribuídas em condições de frio.

Nas escolas é realizada a regeneração da temperatura dos alimentos e respetivo serviço. A regeneração é efetuada em forno convetor a vapor, que atinge uma temperatura final entre 70 e 82º C, conferindo ao alimento a textura e sabor originais.

 

Horário de funcionamento

Os refeitórios escolares funcionam todos os dias úteis, nos horários seguintes:
 
  > Confeção local: 08h00-14h00 | 15h00-16h00;
  > Confeção diferida: 10h00-15h00;
  > O fornecimento de refeições decorre entre as 12h00 e as 14h00.
 

Venda de senhas e pagamento

O valor da refeição corresponde à refeição completa - sopa, prato principal, pão, água e sobremesa - não sendo possível a aquisição dos constituintes da mesma de forma avulsa.

 

Valor das refeições para o ano letivo 2015-2016:

Destinatários

 

Almoço

Lanche

Almoço + Lanche

Alunos:

       

Escalão C

 

1,46

0,40

1,80

Escalão B

 

0,73

0,20

0,90

Escalão A

 

gratuito

gratuito

gratuito

Adultos acompanhantes

de alunos

 

2,20

€0,40

---

Adultos Simples

 

4,10

€0,40

---

 

- Na plataforma Web SIGA pode consultar todas as informações referentes ao almoço e lanche escolar, saldos e pagamentos. Os dados de acesso pessoais (login) à plataforma são fornecidos pelo Departamento de Educação da Câmara Municipal de Sintra;

- O pagamento das refeições é realizado mensalmente, após emissão de fatura pela Câmara Municipal de Sintra, em qualquer caixa multibanco na opção “Pagamento de Serviços” ou nos postos de atendimento, nos dias e horário afixados para este efeito;

- É obrigatória a marcação antecipada da refeição (almoço e/ou lanche) na plataforma SIGA ou solicitando esta marcação nos postos de atendimento. A marcação da refeição é realizada até às 16H00 do dia anterior ao consumo da mesma, sob pena desta não ser fornecida;

- As refeições previamente marcadas podem ser anuladas na plataforma SIGA ou nos postos de atendimento. Nas escolas com confeção local a anulação deve ser realizada até às 16H00 do dia anterior ao consumo. Nas escolas com confeção diferida a anulação deve ser realizada até três dias antes do seu consumo, exceto em caso de doença, devidamente comprovada por atestado médico. As refeições não anuladas nos prazos indicados serão consideradas como consumidas. 

 

Regras de comportamento

   > Lavar as mãos antes e após as refeições;

   > Entrar no refeitório de forma ordenada e de preferência ocupar o mesmo lugar à mesa;

   > Brinquedos, bolas e/ou outros objetos são para utilizar fora do espaço do refeitório;

   > Conversar de forma educada com as funcionárias e demais pessoal de apoio ao refeitório;

   > Aguardar com tranquilidade pela refeição e usar corretamente os talheres: colher, garfo e faca;

   > Provar todos os constituintes da refeição e consumir, pelo menos, parte deles;

   > Para repetir a refeição colocar levantar o dedo no ar e pedir ajuda à funcionária;

   > Sair do refeitório apenas depois de terminar a refeição.

 

 
 

                                                                          

Higiene e segurança alimentar

Todos os refeitórios escolares têm implementado o sistema HACCP que visa a análise dos riscos e controlo dos pontos críticos, no que respeita à segurança alimentar. Os pré-requisitos para implementação e cumprimento dos mesmos nomeadamente no que se refere:

   > Instalações, equipamentos, utensílios e superfícies em contato com os géneros alimentícios;

  > Permitem uma adequada manutenção e limpeza e são constituídos por materiais lisos, laváveis, resistentes à corrosão e não tóxicos.

 

Seleção de fornecedores

Designadamente o controlo de matéria-prima mediado por análises microbiológicas periódicas e registos que permitem verificar o cumprimento de requisitos como temperatura e características organolépticas.

 

Planos de higienização

Contempla equipamentos e instalações a higienizar, ações a desenvolver e respetivos produtos, método (limpeza e desinfecção), periodicidade, responsável e registo de higienização. As fichas técnicas dos produtos encontram-se igualmente na unidade.

 

Controlo de pragas

A cada interrupção letiva são realizadas campanhas de desinfestação de forma a evitar parasitas.

 

Abastecimento de água

Controlo garantido de qualidade das águas fornecidas pela rede pública de abastecimento.

 

Gestão de resíduos

A autarquia tem um protocolo com a Agência Municipal de Sintra para a recolha do óleo alimentar usado.

 

Saúde

As funcionárias são consideradas aptas pela Medicina do Trabalho, a comprovar pela existência das fichas de aptidão médica.

 

Formação

Anualmente a Câmara Municipal de Sintra promove ações de formação sobre temáticas de higiene, segurança alimentar, HACCP, nutrição infantil.

 

Boas práticas de fabrico

Higiene pessoal (proibição de adornos, politica de lavagem de mãos, fardamento limpo e adequado);

Receção de matérias-primas (verificação das características organolépticas, estado da embalagem, condições de transporte, rotulagem e prazos de validade, guia de rastreabilidade);

Acondicionamento da matéria-prima e rotulagem (descartonamento dos produtos, FEFO (first end first out), manutenção de rótulos e colocação da data de abertura nos produtos encetados);

Descongelações (descongelação lenta, em refrigeração, em tabuleiros adequados a este fim. Na impossibilidade de frio o produto descongela na zona mais fresca da unidade, em tempo nunca superior a 16H); 

Desinfeções de fruta e vegetais (todos os alimentos para consumo em cru são lavados e desinfectados mediante a utilização de pastilhas de desinfeção);

Utilização de óleos de fritura (para além do controlo de temperatura, o óleo de fritura não é reutilizável independentemente da saturação);

Luvas e máscaras (preconiza-se a utilização de luvas e máscaras nos procedimentos de corte e desfia de produtos confecionados, corte de pão, empratamento de sobremesas e manipulação de fruta e vegetais desinfetados);

Contaminações cruzadas (separação dos produtos crus e confecionados, desfasamento dos procedimentos de preparação, confeção e lavagem de loiça).

 

Rastreabilidade

Procede-se à retenção da guia de rastreabilidade (fornecida na entrega de matéria-prima) por um período de 3 meses, retenção dos rótulos dos produtos utilizados e recolha de amostras e sua manutenção por 72 horas.

Refere-se ainda que através do registo diário do plano HACCP são monitorizados os procedimentos de receção, as temperaturas dos equipamentos de frio, a descongelação,  preparação e desinfeção de saladas e fruta, o controlo de óleos alimentares, as temperaturas de confeção e de empratamento.

Cada unidade é sujeita a auditorias mensais (inspeção), de modo a verificar-se o cumprimento das normas estabelecidas.

 

Lanches escolares

 
A Câmara Municipal de Sintra assegura diariamente o fornecimento de lanches, mediante marcação prévia, constítuida por:

     > Uma sandes;

     > Uma peça de fruta ou um iogurte ou um sumo tipo 100%;

 

Dietas

Quando devidamente justificadas por prescrição médica podem ser servidas dietas personalizadas. Para o aluno que necessitar de cuidados especiais na alimentação (alergia, intolerância alimentar ou outros), a escola ou o encarregado de educação deve enviar, a cada ano letivo, o respetivo atestado médico para a Divisão de Educação da Câmara Municipal de Sintra. 

 

Refeições volantes

O fornecimento de refeições volantes é possível desde que a requisição das refeições seja apresentada na Divisão de Educação da Câmara com uma antecedência superior a 72horas úteis, relativamente aos dias de fornecimento da matéria-prima nos estabelecimentos de ensino (terça e quinta), de modo a viabilizar-se o pedido extra.

A refeição volante é constituída por:

> Garrafa de água;

> Sumo 100%;

> Duas sandes;

> Peça de fruta;

> Dose individual bolacha tipo Maria.

                                                                           

Educação alimentar

A educação alimentar é fundamental para a promoção de hábitos alimentares e estilos de vida saudáveis e pode ter resultados extremamente positivos, em especial quando desenvolvida com grupos etários mais jovens, no sentido da modelação e da capacitação para escolhas alimentares saudáveis.

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Contactos
____

Largo Dr. Virgílio Horta 
2714-501 Sintra

Telefone: 219 238 500
Fax: 219 238 657



Estamos em rede:

icone-fb Facebook

icone-tw Twitter

instagram-2Instagram

icone-yt Youtube

  |  Copyright: Câmara Municipal de Sintra 2016